Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

01BANNER ESTRADÃO SERTANEJO
No comando: WANDERLY MOTA

Das 05:00 as 07:59

06-BANNER PROGRAMA EXPRESSO DA SAUDADE
No comando: LEO MARTINS

Das 06:00 as 07:59

sem escala
No comando: SEM ESCALAS – LIDERANÇA FM

Das 07:00 as 07:59

10-BANNER FALA CIDADE
No comando: ALEX TAVARES

Das 08:00 as 10:59

09-BANNER SÓ DE BOA
No comando: EDER CARLOS

Das 08:00 as 11:59

07-BANNER PROGRAMA FIM DE SEMANA
No comando: ROSÂNGELA SAMPAIO

Das 08:00 as 11;59

02-BANNER CONEXÃO 102
No comando: LÉO MARTINS

Das 11:00 as 13:59

PISTA
No comando: PISTA NEJA- LIDERANÇA FM

Das 12:00 as 13:59

08-BANNER MANANCIAL DE VIDA
No comando: PASTOR GERARDO

Das 12:00 as 13:59

play
No comando: PARADA OBRIGATÓRIA – TOP EDIÇÃO

Das 14:00 as 16:59

eder
No comando: PARADA OBRIGATÓRIA – EDER CARLOS

Das 14:00 as 16:59

03-BANNER HORA MAIS
No comando: RAYANE SOARES

Das 14:00 as 16:59

sem escala
No comando: SEM ESCALAS – LIDERANÇA FM

Das 17:00 as 17:59

04-BANNER BAILÃO 102
No comando: WANDERLY MOTA

Das 17:00 as 18:59

sem escala
No comando: TOCA MAIS – LIDERANÇA FM

Das 17:00 as 19:39

IMG_20171118_192306
No comando: BALADA 102 – EDER CARLOS

Das 18:00 as 19:59

VOZ DO bRASIL
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 as 19:59

CARAJAS DA SORTE
No comando: CARAJÁS DA SORTE – AO VIVO

Das 19:40 as 22:39

sem escala
No comando: SEM ESCALAS – LIDERANÇA FM

Das 20:00 as 21:59

05-BANNER ROTA 102
No comando: BETO OLIVEIRA

Das 20:00 as 21:59

cLASSICOS
No comando: CLÁSSICOS DA LIDERANÇA

Das 22:00 as 23:59

No comando: CIDADE IN LOVE

Das 22:00 as 23:59

CIDADE IN LOVE
No comando: CIDADE IN LOVE – LIDERANÇA FM

Das 22:40 as 23:59

Justiça nega pedido de liberdade de Padre Amaro

Compartilhe:
ZE

A Justiça do Pará negou na manhã desta segunda-feira (4) o pedido de liberdade do padre Amaro Lopes da Silva, preso preventivamente em março deste ano, acusado de extorsão, ameaça, esbulho possessório e abuso sexual. O julgamento ocorreu no Palácio Lauro Sodré, no bairro do Marco, em Belém.

A sessão que avaliou o pedido de Habeas Corpus foi realizada pela turma de desembargadores da seção de Direito Penal do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), que votou de forma unânime pela permanência da prisão.

Considerado o sucessor de Dorothy Stang, Padre Amaro foi preso no município de Anapú, no sudoeste paraense, onde era líder comunitário e um dos mais ativos coordenadores da Pastoral da Terra na região, polêmico por defender a regularização fundiária e assentamentos para famílias carentes, lutando contra grandes latifundiários e posseiros.

Segundo a Polícia Civil, além dos relatos dos crimes, foram obtidas, durante as investigações, provas materiais dos crimes praticados, entre as quais comprovantes de depósitos bancários em nome do padre e de outras pessoas ligadas a ele que comprovam os valores depositados como extorsão.

Após o caso, diversos movimentos sociais se manifestaram contra a prisão, afirmando que o ato foi um ato de difamação, baseada em acusações falsas.

 

(FONTE:DOL)

Deixe seu comentário: